“A baronesa” – sétimo capítulo

À medida que aumenta a tensão diante do início iminente do julgamento de Natália, principal suspeita pela suposta morte do marido, o barão Viktor Schoemberg, ela e Charles experimentam uma aproximação nunca vivida antes. E num breve momento no tribunal – ela no papel de ré, ele no do investigador que, em última instância, a levou até ali – eles se questionam. “E se ninguém for o culpado?”, provoca a baronesa, ao que o detetive retruca: “E se não houver uma pessoa morta?”, como se ali, diante do juiz e da plateia, hesitasse sobre todo o trabalho que conduziu o caso até o tribunal do júri.

Leia o sétimo capítulo de “A baronesa”

Acompanhe os demais episódios da novela

No sétimo capítulo da novela “A baronesa“, somos levados à sessão da Corte que pode mudar definitivamente os rumos não só da vida de Natália, mas também de Charles e alterar o destino de toda a família da baronesa. Acompanhamos as emoções dos advogados, das testemunhas e a angústia dela diante da possibilidade de condenação. E ouvimos o depoimento crucial do pai da acusada, que pode enfim trazer à tona a verdade diante da grande plateia que acompanha o julgamento como um grande espetáculo teatral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo